Lembrará de mim pelo eterno!
Alguns são capazes se perguntar por vezes o quão será sua longevidade. A vida ─ uma dádiva divina ─ concedida aos homens em busca da continuidade, ao meu ver. De acordo com alguns pensadores, baseados em suas mentes evoluídas, este presente não passa de uma propriedade que caracteriza os organismos cuja existência evolui do nascimento até a morte. Somos então uma demonstração de que nada eterno? Nossa existência tem fim. A carne é consumida, o carbono é degradado e ao fim da noite, não há mais seu ser. É atormentador imaginar o quão insignificante parece ser. A história irá te esquecer. Nós perdemos entes amados a cada segundo que se passa. E não importa o quanto os amamos, ao longo daquilo que define como "vida", os esquecerá. "A história irá te esquecer", ouso repetir em alto e bom som.

[RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Cassie Herrstedt-Björk em Sex Dez 04, 2015 11:57 am

Some do magic,
And some do harm
Essa RP  Fechada se passa em uma tarde qualquer na Praia do Vilarejo das Hespérides, no dia 21 de março de 2135. A interação ocorre entre Callíope Dietrich Börs e Lawrence S. Taylor.

Terceiros não estão autorizados a realizarem postagens nesse tópico, com exceção da Staff, caso haja alguma irregularidade.

For the rest, Enjoy It!



N ▲ W

_________________



REI /
IN A LAND OF GODS AND MONSTERS I'M A ANGEL LIVING IN GARDEN OF EVIL
Filhos de Poseidon
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 20
Vida:
670/670  (670/670)
Energia:
670/670  (670/670)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Cassie Herrstedt-Björk em Sex Dez 04, 2015 12:36 pm




// you got your hazard lights on now hoping that somebody would slow down.
HAZARD LIGHTS

Se lhe perguntassem, Callíope não saberia responder por quanto tempo ficara sem comunicar-se com o elemento relacionamento ao seu pai. Para ela, era mais fácil assimilar que sua vida estava dividida em dois momentos: o antes de exaltar a magia, quando ainda estava descobrindo seus poderes advindos de Poseidon, e o posterior a esse, quando fora embevecida pela feitiçaria de Circe e suas seguidoras.

De fato, ela acabou sendo abraçada pela filha imortal de Hécate antes mesmo de adentar ao famoso refúgio dos semideuses, o que acabou retardando o afloramento da parte divina existente em si, a que lhe era naturalmente própria.

Talvez, devido a esse fato, a loira não conseguia sentir nenhuma euforia acima do normal enquanto caminhava pela areia clara e macia, sentindo-a acariciar os pés cansados. Naquele início de tarde, sua única decisão fora aventurar pelos domínios de seu pai ausente. Em seu âmago, desejava sentir alguma coisa, alguma conexão com as águas que pareciam lamber a areia na qual caminhava.

Em um ato impulsivo - talvez o primeiro desde a sua chegada ao Vilarejo -, a semideusa retirou o vestido branco que trajava, ficando apenas um maiô escurecido, que se destacava em sua pele claro, evidenciando as curvas que a garota possuía.. Respirando fundo, rumou até o mar, pensando no que poderia fazer caso abrangesse a conexão. Todavia, antes que pudesse se conter, seus passos cessaram às margens da água e ela suspirou, sentindo o repuxo da consciência retornar ao seu corpo. Seu único ato fora sentar-se ali e cruzar as pernas, fitando com um semblante frustrado a movimentação do oceano.




_________________



REI /
IN A LAND OF GODS AND MONSTERS I'M A ANGEL LIVING IN GARDEN OF EVIL
Filhos de Poseidon
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 20
Vida:
670/670  (670/670)
Energia:
670/670  (670/670)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Sex Dez 04, 2015 1:45 pm


▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Come with me, stay tonight. You say the worlds but boy it doesn't feel right. What do you expect me to say? You know it's just too little too late. You take my hand and you say you've changed. But boy, you know your begging dont fool me, because to you it's just a game. You now it's just too little too late. So let me on down, cause time has made me strong. I'm starting to move on, i'm gonna say this now. Your chance has come and gone, and you know. It's just too little too late. A little too wrong, and I  can't wait.
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄

Não se lembrava de sua mãe, nem mesmo de seu pai falar dela, era uma parte de sua vida esquecida por todos. Não podia reclamar da vida que tinha até então, seu pai sempre e de todas as formas tentava fazê-la não pensar na mãe, não sentir falta da mesma. Mas a medida que a menina crescia era impossível não sentir, Lawrence não tinha com quem dividir seus segredos e suas angustias, não que seu pai não a ouvisse, mas eram coisas tão íntimas que somente outra mulher poderia entender. Quando descobriu a verdade sobre sua mãe, sentiu-se em dúvida, suas emoções a confundiam o tempo todo. Sentia raiva, ódio pelo abandono? Sim! Sentia, mas talvez os empecilhos dela fossem maiores impedido assim a aproximação da deusa.

A ida para o vilarejo fora aliviante para ela, não tinha esperanças de reatar a relação com sua mãe, isso já havia se perdido a medida que Lawrence crescia, porém tinha esperanças de resgatar algo que estava perdido dentro de si mesma e não sabia exatamente dizer o que era, apenas que existia dentro dela. Foram tantas noites de sonhos, pesadelos, tantas coisas estranhas que aconteciam ao seu redor que ela por um tempo fechou-se tendo medo de si mesma, medo de machucar quem estivesse próximo de si e isso ela não poderia suportar. Não era exatamente uma novata no local, mas também não era uma veterana, já estava aprendendo a lidar com aquilo que corria em suas veias tão forte quanto seu próprio sangue. A magia que havia herdado de sua mãe.

Mas abdicar de sua vida com seu pai não significava que estava abdicando de tudo que havia vivido e tão pouco de suas lembranças. Em alguns dias elas realmente machucavam a filha de Hécate, sentia sufocada, algo apertava em seu peito que lhe trazia lágrimas aos olhos. Nesses dias a melhor a coisa a se fazer era caminhar sem rumo e sem destino, tentando ao máximo limpar a mente e novamente encontrar os motivos que tinha para sorrir. Sentia-se um pouco solitária era verdade, mas tinha a plena confiança que era algo passageiro, talvez por ainda não ter tantos amigos como antes, outra coisa que ela sentia muita falta. Tinha feito uma boa amiga no vilarejo e a mesma sempre a escutava, mas naquele tarde ela precisava realmente libertar-se de suas lembranças sozinhas.

O local escolhido não foi em vão, se precisava relaxar o melhor lugar com certeza era a praia, ouvir o som das ondas quebrando tinha um efeito avassalador na morena. Enquanto caminhava sentia os grãos de areia tocar seus pés de forma gentil e um sorriso bobo desenhou-se em seus lábios. A brisa trazia o cheiro do mar e bagunçava as cabelos da garota, ela não se importava com isso naquele momento, desejava ser um com o local e não precisava de mais nada naquele instante.

Aproximou-se da água deixando a mesma oscular seus pés, caminhava pela orla sentindo a água fria enquanto seus olhos contemplavam a beleza e a magnitude das águas. As vezes se perguntava por que não era filha de Poseidon? Não havia um lugar que se sentisse melhor do que perto da água. Seus passos se tornaram mais  lentos quando percebeu uma garota sentada a beira-mar observando o movimento das águas. Lawrence inicialmente se viu hesitante em aproximar-se, talvez ela quisesse ficar sozinha e não desejava ser um estorvo ou atrapalhar o momento de contemplação da garota. Porém quando novamente a olhou notou o quanto ela era bonita, de pele alva como a espuma do mar e cabelos dourados como o sol. Respirou fundo e procurando coragem dentro de si se aproximou da forma mais delicada que pôde tentando não assusta-la. Com um sorriso simpático olhou a garota por algum tempo e depois falou: - Posso me sentar? - Era nítida a pontada de timidez na voz da filha de Hécate.


― i say please.
You know I wish I had it all.

_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥
Filhos de Hécate
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Cassie Herrstedt-Björk em Sex Dez 04, 2015 2:38 pm




// you got your hazard lights on now hoping that somebody would slow down.
HAZARD LIGHTS

O olhar atento contemplava o mar, parecendo estudá-lo apenas pela sua movimentação. Todavia, Callíope sabia que aquela admiração era apenas uma fachada. Os pensamentos encontravam-se dispersos, à medida que sua inicial preocupação começava a ser esquecida. Então aquele era o efeito que seu pai transmutava para as águas? Calmaria e silêncio? A loira mordiscou o lábio inferior, sentindo-se tentada a retornar com as tentativas de empreender algum sentimentalismo naquela conexão. Ainda assim, ela sabia que não estava totalmente preparada para tal ato.

Com as execuções falhas, ela fez menção de se levantar, afim de regressar para a morada de sua deusa protetora, porém, fora impedida por uma voz que surgira por entre a quietude daquele espaço. A feiticeira franziu o cenho, antes de virar o rosto na direção do timbre desconhecido. Os olhos azuis-esverdeados se fixaram naquela nova atenção imposta, convertida em uma bonita garota de cabelos e olhos escuros, que era um verdadeiro contraste para com a prole de Poseidon.

— Olá. Sou Callíope. — Sussurrou, gesticulando para que a maior pudesse se sentar ao seu lado. — Você se perdeu? Ouvi dizer que poucas pessoas vêm até aqui. — Ousou perguntar, enquanto ainda observava a outra com um semblante curioso.



_________________



REI /
IN A LAND OF GODS AND MONSTERS I'M A ANGEL LIVING IN GARDEN OF EVIL
Filhos de Poseidon
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 20
Vida:
670/670  (670/670)
Energia:
670/670  (670/670)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Sex Dez 04, 2015 3:21 pm


▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Come with me, stay tonight. You say the worlds but boy it doesn't feel right. What do you expect me to say? You know it's just too little too late. You take my hand and you say you've changed. But boy, you know your begging dont fool me, because to you it's just a game. You now it's just too little too late. So let me on down, cause time has made me strong. I'm starting to move on, i'm gonna say this now. Your chance has come and gone, and you know. It's just too little too late. A little too wrong, and I  can't wait.
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄

Se a pele da morena fosse um pouco mais clara, seria perceptível que suas bochechas ficaram levemente coradas. Lawrence a observou um pouco mais enquanto trocavam as primeiras palavras, os olhos dela pareciam da cor do oceano e ela nunca havia visto nada igual, uma harmoniosa mistura entre o azul e o verde que facilmente faria alguém se perder naquele olhar. Gostava de observar os detalhes das pessoas, isso as tornavam únicas, cada gesto e cada olhar pertenciam somente há um único ser.  Sentou-se ao lado da garota esticando as pernas e sentindo a areia morna, olhou para o céu claro e limpo, poucas eram as nuvens que ousavam flutuar pelo mesmo. Aquele com certeza era um dia perfeito para estar na praia, a água deveria estar maravilhosa, mas teria que esperar um pouco agora para poder entrar no mar. A prole de Hécate manteve o mesmo sorriso nos lábios e o mesmo jeito tímido: - Não me perdi. Gosto de caminhar pela orla as vezes. - Sua voz já era um pouco mais relaxada. - Sou Lawrence. - Se apresentou antes que se esquecesse.

Seu corpo pendeu levemente para a esquerda quando sustentou o peso no braço, a blusa roxa deslizou um pouco revelando o ombro da morena e também a alça do biquíni de mesma cor. Passou a mão pelas pernas tirando um pouco da areia e deixou as sandálias que estavam em suas mãos de lado também: - Realmente quase não vejo pessoas por aqui, mesmo sendo um lugar tão bonito. - Murmurou um pouco para Callíope um pouco para o nada. De todas as vezes que havia caminhado por ali poucas vezes encontrou alguém, geralmente quando via era algum casal em momentos românticos. Estava acostumada a estar sempre sozinha ali e a presença da loira era algo inusitado para a morena.

Lawrence era uma menina muito falante, mesmo que tímida inicialmente, era uma sensação que logo passava, mas sempre tinha que se controlar para não falar demais. As primeiras palavras eram uma barreira para ela, mas em seguida tudo fluía tranquilamente e não era assim que se sentia naquele momento, havia algo mais. A beleza da menina deixava Law estranhamente sem graça, quase como se tivesse dificuldade para achar as palavras para falar com ela. Talvez fosse pela profundidade do olhar dela ou ainda pela delicadeza de cada traço de seu rosto, era estranho. Fechou os olhos rapidamente e desviou seu olhar em direção ao mar, não queria parecer uma boba diante da garota: - E você? Veio aproveitar a água? - Perguntou notando que ela estava só de maiô.


― i say please.
You know I wish I had it all.

_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥
Filhos de Hécate
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Cassie Herrstedt-Björk em Sex Dez 04, 2015 4:59 pm




// you got your hazard lights on now hoping that somebody would slow down.
HAZARD LIGHTS


Há pouco tempo atrás sua resposta seria apenas um pouco diferente da que ela tinha lhe dado, entretanto as coisas havia mudado, e agora seus pensamentos sobre o mar iam muito além de sua superfície cálida e silêncio apaziguador.

Dentro de si, tinha algum medo, e não sabia o motivo dele. Em verdade, Callíope podia supor que a origem daquele temor era justamente porque nunca havia treinado completamente seu poder sob as águas, que ainda estava adormecido, por sinal. Enquanto ouvia Lawrence comentar sobre as razões de estar ali, a loira desviou o olhar para o mar, perguntando-se novamente se poderia enfrentá-lo e conhecê-lo. Era uma parte de si, afinal.

— Eu vim. Mesmo não tendo tanta.. intimidade com os domínios de Poseidon. — Os olhos pareceram faiscar com a menção do nome de seu pai, porém, aquele brilho não durou muito. Logo, o semblante estava sereno, à medida que as íris fitavam a morena com altivez. — Vamos. Eu sei que você quer fazer isso tanto quanto eu. — Comentou, gesticulando para a água. Em seguida, acabou por envolver a mão da morena com a sua, retornando com o olhar analítico para ela, esperando por sua resposta.



_________________



REI /
IN A LAND OF GODS AND MONSTERS I'M A ANGEL LIVING IN GARDEN OF EVIL
Filhos de Poseidon
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 20
Vida:
670/670  (670/670)
Energia:
670/670  (670/670)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Sex Dez 04, 2015 9:22 pm


▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Come with me, stay tonight. You say the worlds but boy it doesn't feel right. What do you expect me to say? You know it's just too little too late. You take my hand and you say you've changed. But boy, you know your begging dont fool me, because to you it's just a game. You now it's just too little too late. So let me on down, cause time has made me strong. I'm starting to move on, i'm gonna say this now. Your chance has come and gone, and you know. It's just too little too late. A little too wrong, and I  can't wait.
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄

A morena achou engraçado a forma com ela se referia o mar, o fato de não ter intimidade com mesmo. Lawrence nem se lembrava da primeira vez que havia visto o mar, era muito pequena e seu pai sempre lhe ensinou ter respeito pelo mesmo. Hoje as palavras dele faziam total sentindo para ela, ainda mais sabendo que o Imperador dos Mares era muito mais real do que ela imaginava. Um suspiro longo escapou por entre os lábios da morena, era tão novo ver o mar daquela forma agora, na verdade desde que descobrirá que era uma semideusa tudo havia mudado na vida da morena, era como se o mundo fosse pintado com cores mais intensas e vivas, os cheiros fossem gostosos e cada sentimento tocasse sua alma de uma forma mais profunda.

Com um semblante sereno a loira a encarava, nos primeiros instantes não sabia como reagir ou o que fazer, mas assim que sentiu o encontrou de suas mãos Law levou seus olhos até os dela, sentindo aquela sensação de timidez de antes, as mãos dela eram cálidas e passavam a segurança a morena que sorriu para ela: - Eu realmente quero entrar na água. - A filha de Hécate não podia esconder a empolgação em sua voz. Cuidadosamente separou suas mãos das de Callíope, levantando-se em seguida, no entanto ainda a olhou por algum tempo de forma curiosa. Tirou a blusa roxa e depois o short deixando próximo de suas sandálias, com sutileza levou as mãos aos cabelos os prendendo em um coque.

Respirou fundo sentindo um pouco mais do cheiro do mar e olhou para a garota: - Já que não está acostumada com o mar posso ajuda-la até você se sentir a vontade. - Disse para a loira com uma voz serena e um sorriso encantador. Dessa vez foi a vez de sua mão tomar as mãos dela para si, sentindo o toque macio dela. Haviam acabado de se conhecer e a filha de Hécate tentava passar segurança e confiança para loira, acreditava que ela deveria ter um pouco de medo do mar, o que era realmente normal, mas ficou com vergonha de perguntar isso a ela. Segurando as mãos de Callíope a morena ia em direção ao mar, mas respeitando o tempo dela, afinal as vezes era um processo mais lento do que se imaginava.


― i say please.
You know I wish I had it all.

_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥
Filhos de Hécate
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Cassie Herrstedt-Björk em Sab Dez 05, 2015 12:18 am




// you got your hazard lights on now hoping that somebody would slow down.
HAZARD LIGHTS


Para a surpresa de Callíope, a morena havia aceitado seu pedido. Curiosamente, fora a prole de Hécate que acabara tomando a iniciativa de participar daquele ato iniciado por um impulso da menor. Seu semblante outrora livre de sentimentos, fora salpicado com um tímido tom rubro assim que vira a morena retirar as próprias roupas, para revelar a peça de banho que vestia. Pigarreando baixo, Callíope rapidamente desviou o olhar da garota quando percebeu que ela estava olhando novamente para si, tentando concentrar-se em dispersar a vermelhidão que tingia facilmente as bochechas claras.

Quando as mãos tocaram-se novamente, a loira permitiu-se exibir um sorriso nos lábios rosados, à medida que caminhava com sua mais nova instrutora em direção ao mar. Assentiu tardiamente com o rosto, em concordância com as palavras ditas, apertando a mão da outra.

A partir dali, concentrou-se em não deixar que o receio do desconhecido acabasse se transformando em um ataque de pânico ou algo pior. Mesmo sem ter grande contado com os domínios de seu pai, sabia naturalmente de que as águas eram instáveis quando não dominadas corretamente, o que seria um problema caso seus poderes começassem a aflorar ali.

Contudo, quando os pés foram recebido pelo fluído elemental, ela poderia jurar que algo havia mudado dentro de si. Pela primeira vez em anos, pudera sentir o real sentimento de acolhimento á medida que era envolvida pela água salgada. Por um instante, pensou que o receio do desconhecido estivesse sido superado, porém, um fato acabou chamando a atenção da menor. Embora estivesse segurando as mãos de Lawrence, havia uma pequena diferença ali, a começar pela umidade presente no corpo da outra. Callíope franziu o cenho ao notar que, ao contrário da maior, seu corpo não parecia sofrer do mesmo processo.

— Porque...Você está molhada e eu não? — Balbuciou, externando sua dúvida diante daquele acontecimento estranho. Todavia, o entendimento surgira logo após aquele pronunciamento, vindo tão desnorteante quanto bofetada. Em um novo ato impensado, a loira acabou aproveitando-se da ajuda advinha da semideusa para envolvê-la em um abraço, usando-a como uma âncora. — Eu não sei o que está acontecendo comigo. Esses poderes não deveriam estar florescendo agora.

poderes usados:

Nível 3: Impermeável – Os filhos de Poseidon serão capazes de permitir-se a não se molhar ao entrar em contato com a água, independente da situação. [Ativo]




_________________



REI /
IN A LAND OF GODS AND MONSTERS I'M A ANGEL LIVING IN GARDEN OF EVIL
Filhos de Poseidon
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 20
Vida:
670/670  (670/670)
Energia:
670/670  (670/670)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Sab Dez 05, 2015 3:13 am


▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Come with me, stay tonight. You say the worlds but boy it doesn't feel right. What do you expect me to say? You know it's just too little too late. You take my hand and you say you've changed. But boy, you know your begging dont fool me, because to you it's just a game. You now it's just too little too late. So let me on down, cause time has made me strong. I'm starting to move on, i'm gonna say this now. Your chance has come and gone, and you know. It's just too little too late. A little too wrong, and I  can't wait.
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄

As mãos delicadas da menor apertavam a suas e naquele instante Lawrence contemplou o sorriso que ela trazia nos lábios suavemente rosados. A prole de Hécate também sorriu para a garota e naquele instante notou o quanto a beleza dela era delicada. Sentiu vergonha por pensar em tais coisas, em olha-la daquela forma, concentrou-se em sentir a água do mar chocar-se contra seus pés. Seus olhos mantinham-se atentos na garota, afinal ela parecia muito insegura quanto ao mar, talvez algo ruim em seu passado, algo que ela quisesse esquecer. Não se importava com isso, a ajudaria, algo dentro de si impelia Law a ajudá-la, não sabia exatamente dizer porquê e naquele momento não iria se preocupar com isso. Um pequeno descuido e a loira poderia se machucar realmente, o mar ainda que belo guardava muitas surpresas e algumas bem desagradáveis.

Como era ela quem estava guiando Callíope tomou a frente certificando-se que era seguro para ela pisar. Mantinha a mão dela todo o tempo bem segura, mas não a apertava de forma a machuca-la, tinha carinho em seu toque, um cuidado afetuoso. Para a filha de Hécate tudo estava maravilhoso, estar ali entrando na água era a melhor coisa possível, era como se aquela água salgada lavasse sua alma e todas aqueles pensamentos tristes de antes abandonaram sua mente por completo. Lawrence se permitiu desligar por um breve momento só para sentir a água gelada e seu corpo parecia ficar cada vez mais leve. Quando seus olhos se abriram novamente notava que mesmo hesitante a menor tentava acompanha-la, tinha medo de estar indo rápido demais e deixa-la ainda mais receosa.

Aos poucos a menor parecia se soltar e Lawrence sentiu uma ponta de orgulho em si mesma por ver que estava conseguindo ajuda-la. Seu polegar carinhosamente deslizou pela mão dela em um gesto de incentivo, tentando mostrar a ela que ela estava indo bem. Nesse instante parou e deixou que ela guiasse a situação, ela já estava na água e isso era uma boa coisa. Levou a mão livre a água a passando pela nuca procurando se refrescar quando a pergunta dela ecoou por seus ouvidos. A filha de Hécate então notou o que ela falava, mesmo dentro da água, Calli permanecia seca, como se não tivesse entrado na água. A morena ficou por alguns segundos sem saber o que responder e aquilo parecia realmente abalar a loira. Antes que conseguisse pensar em algo para responder sentiu a loira a abraça-la repentinamente.

Sentiu-se paralisada pelo abraço dela, levou alguns segundos até conseguir envolve-la em seus braços de uma forma afetuosa. De tão perto sentiu o perfume gostoso que vinha dos cabelos dela e mesmo que estivessem na água fria o abraço da garota era caloroso.  Ela parecia vulnerável falando daquela forma, assustada e não desejava vê-la daquela forma. Apertou um pouco o abraço para que ela se sentisse segura em seus braços, permaneceu assim por alguns segundos deslizando a mãos pelos fios longos e loiros dela: - Você é Filha de Poseidon, estou certa? – A morena se afastou um pouco e por alguns instantes segurou as duas mãos dela a encarando em seus olhos: - Está tudo bem. Uma hora seus poderes têm que aparecer Callíope, ainda mais sendo filha dele. – Em um gesto repentino Lawrence levou uma das mãos ao rosto da garota: - E se você sentir insegura pode contar comigo. Eu te ajudo nem que seja segurando sua mão. – Conseguia entender o que ela sentia, pois, um dia já teve as mesmas dúvidas e angustias quando os seus poderes surgiram.  A morena levantou o olhar e continuou a olhando de forma carinhosa.


― i say please.
You know I wish I had it all.

_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥
Filhos de Hécate
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Cassie Herrstedt-Björk em Seg Dez 07, 2015 8:45 pm




// you got your hazard lights on now hoping that somebody would slow down.
HAZARD LIGHTS


O rubor no rosto da loira retornou com mais intensidade assim que ouvira as palavras da prole de Hécate. Novamente a sensação de desviar o foco da face da morena fez-se presente quando percebera o gesto dela para consigo. Inconscientemente, a garota umedecera os lábios rosados assim que a outra cobriu a distância existente entre elas, proporcionando uma sensação de confiança naquele simples ato de confiança.

A vermelhidão da vergonha desaparecera tão rápido quanto havia surgido, enquanto a filha dos mares acalmar-se com as palavras que provinham confortavelmente de Lawrence. Naquele instante, foi inevitável para Callíope retornar com os olhares na direção do rosto da campista, tentando decifrar o que estava escondido por detrás do semblante calmo da maior.

— Você é melhor nisso do que eu. — Murmurou, esperando que a outra a ouvisse. Ainda assim, foi corajosa o suficiente para aproximar-se mais uma vez da morena, sondando-a com os olhos.   — Acho que minhas maiores habilidades estão ao lado de Circe, e não ao de Poseidon. — Confessou, desviando o olhar para as águas.

Talvez, o grande truque para deixar a centelha de coragem acessa era não pensar no que as ações feitas por si causariam. O objetivo primordial era fazer o que lhe foi pedido, sem grandes obstáculos. Cada uma das palavras de Lawrence fluiu pelo seu corpo. Ela ouvia tudo ao seu redor, porém, e, estranhamente, só aquilo que a morena dizia parecia ter algum ritmo, alguma música.

Abandonou os pensamentos anteriores, deixou os sentidos tomarem seu lugar, em seguida, como sempre fazia. Tratava-se de um estado comum para ela, natural. Maioria das pessoas sentia-se bombardeado por pensamentos, mas não ela, e este era seu segredo, o simples silêncio – isto é, silêncio da mente.

Passou alguns segundos assim. Engoliu a seco, então relaxou os músculos. Voltou a fita-la, viu seus olhos, que se descreviam em círculos concêntricos de tons escurecidos; eram, de longe, de um castanho puro, mas isto seria apenas uma descrição simplista.

Observá-la era um exercício de concentração. Ela afastou alguns fios que insistiam em cobrir seus olhos para enxerga-los melhor. E então, deixou o corpo acostumar-se com o contato constante com as águas, lembrando-se de segurar-se na morena para um melhor apoio.

poderes usados:

Nível 3: Impermeável – Os filhos de Poseidon serão capazes de permitir-se a não se molhar ao entrar em contato com a água, independente da situação. [Ativo]




_________________



REI /
IN A LAND OF GODS AND MONSTERS I'M A ANGEL LIVING IN GARDEN OF EVIL
Filhos de Poseidon
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 20
Vida:
670/670  (670/670)
Energia:
670/670  (670/670)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Ter Dez 08, 2015 3:31 am

WE'RE ALL MAD HERE
Quando o olhar da menor se desviou, os olhos atentos de Lawrence notaram o rubor das bochechas dela, temeu que tivesse ido além do que podia e feito algo que ela não tivesse gostado, mesmo assim achou a garota ainda mais bela. Aproveitou para deixar seu olhar se perder na linha do horizonte, não queria transparecer que estava encantada por ela. Era uma tarefa difícil, afinal sempre fora límpida como água, era fácil perceber quando estava alegre, triste, preocupada. Nunca aprendeu a esconder seus sentimentos ou guarda-lo para si, seu pai sempre disse que guardar o que sente causava mais dor do que os expor. Aquela com certeza não estava sendo nada do que ela havia pensado, estava sendo muito melhor, pela primeira vez não se sentia deslocada ou longe de casa e sabia que parte disso era graças a Callíope.

A medida que a garota se sentia mais à vontade uma sensação de satisfação e dever cumprido tomava conta de seu coração. Suas palavras não eram apenas para acalma-la ou convence-la de enfrentar seus medos, era bem mais do que isso. Poderia simplesmente ter ignorado a hesitação da filha do deus dos mares, só que havia algo muito maior que impelia Lawrence estar ali com ela e ser o que ela precisava naquele instante, um incentivo, mas também um ponto de apoio que ela poderia contar. A morena sorriu para a menor, um sorriso singelo ao ouvir as palavras dela: - Talvez eu seja. – Respondeu com um tom divertido e alegre. Os olhos verdes da garota observavam Lawrence e ela sentia-se um pouco envergonhada, mas também gostava de perceber que prendia a atenção da filha de Poseidon.

Callíope havia tomado a iniciativa de diminuir a pequena distância que separava as duas semideusas, discretamente a morena mordiscou os lábios e deixou que seu olhar direcionasse para a água. Tentava a todo custo disfarçar aquelas sensações novas que invadiam sua mente pouco a pouco: - Talvez você se você se soltar um pouco mais, a afinidade com seu pai venha naturalmente. – A filha de Hécate tentava incentivar a filha de Poseidon a continuar o que estavam fazendo. Não sabia de onde havia tirado tantos conselhos, apenas seguia seu instinto, uma coisa que sempre fazia desde que havia descoberto sua verdadeira origem. Ser filho ou filha de um ser divino não era uma coisa fácil e Lawrence entendia que para a menor poderia ser um pouco mais difícil ainda e era nesse ponto que tudo aquilo se tornava uma loucura.

Um pequeno silêncio toou conta do local, apenas o barulho do mar podia ser ouvido, a semideusa sentia os raios de sol tocar seu corpo de forma gentil, esquentando sua pele. A água tinha uma temperatura maravilhosa e os olhos castanhos cerraram-se por um instante. Os olhos da menor eram como aquele oceano, profundos e quanto mais tentava aprofundar naquele olhar, mais se perdia nele. A morena respirou fundo soltando um breve suspiro e novamente desviou o olhar para evitar se perder de vez nos olhos de Calli.

Voltou a encara-la quando sentiu seu toque, a menor segurava na filha de Hécate buscando um apoio e ela prontamente o ofereceu. Não se importava de estar tão próxima dela e até gostava, a água chocava lentamente contra o corpo das semideusas refrescando seus corpos. Lawrence ficou em silêncio um pouco pensativa e depois olhou novamente para loira: - Confia em mim? – Perguntou praticamente confirmando a resposta. A morena segurou nas mãos da garota a puxando para uma parte um pouco mais funda, a água chegava pouco acima da cintura de ambas. Soltou as mãos dela e em um gesto repentino levou as mãos a cintura da garota, ao mesmo tempo firme e de forma gentil para não machucar a garota. A pele dele mesmo na água era macia e delicada, porém tentava não pensar nessas coisas naquele instante: - Se quiser podemos voltar para o mais raso. – Murmurou para a menina encarando seus olhos e aguardando a decisão dela.


Notes: Beach  Tagged: Callíope Wearing: ---
THANK YOU WEIRD BY LOTUS GRAPHICS EDITION!

_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥
Filhos de Hécate
avatar
Idade do Personagem :
19


Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP FECHADA] We're All Mad Here // 21.03

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum