Treinos de Lawrence S. Taylor

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Treinos de Lawrence S. Taylor

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Sex Dez 04, 2015 11:58 am



Treinos de Lawrence
Filha de Hécate
Amo Arcos
Spells
Área destinada as postagens dos meus treinos. Obrigada! De nada!


_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥️
avatar

Idade do Personagem : 20

Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Ver perfil do usuário
Filhos de Hécate
Filhos de Hécate

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treinos de Lawrence S. Taylor

Mensagem por Lawrence S. Taylor em Sab Dez 05, 2015 10:57 pm


▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Come with me, stay tonight. You say the worlds but boy it doesn't feel right. What do you expect me to say? You know it's just too little too late. You take my hand and you say you've changed. But boy, you know your begging dont fool me, because to you it's just a game. You now it's just too little too late. So let me on down, cause time has made me strong. I'm starting to move on, i'm gonna say this now. Your chance has come and gone, and you know. It's just too little too late. A little too wrong, and I  can't wait.
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄

Desde que a morena havia chegado ao vilarejo, o lugar que ela menos havia frequentado com certeza era a arena de treinos. Não que não gostasse de exercícios, muito pelo contrário, tinha por habito caminhar todos os dias, o fazia em qualquer lugar, mas tinha preferência sempre pela praia. O problema era que a arena fazia a garota se sentir um pouco intimidada, todos aqueles filhos de Ares peritos em luta, alguns se achando mais do que os outros. Havia dedicado boa parte de seu tempo ali ao estudo do oculto e das artes de sua mãe, a prova disso era a quantidade absurda de livros espalhados em sua cama e empilhados na mesa ao lado da mesma. Porém Lawrence sabia que precisava frequentar os treinos da arena e era isso que estava fazendo ali naquela tarde.

O sol estava forte e a prole de Hécate podia sentir os fios de cabelo da sua franja aderirem a sua testa, as gotículas que se formavam em cima de seu nariz. Lawrence caminha enquanto observava os treinos dos demais semideuses, muitos mostravam uma perícia invejável no manuseio de espadas, adagas e afins. Ela sabia que não tinha o menor talento para armas desse porte e soltou um suspiro descontente soprando sua franja para cima procurando se refrescar: - Quem é viva sempre aparece não é mesmo? - A morena ouviu a voz familiar que a fez virar-se repentinamente e deparando-se com uma das proles de Ares. - Derek! - Exclamou a menina com um sorriso nos lábios e abraçando o rapaz. O garoto de forma gentil depositou um beijo na testa da garota e colocou uma pequena madeixa de cabelo castanho atrás da orelha dela: - Até que enfim apareceu para treinar mocinha. Um semideus não vive só mente de seus poderes, nem você filha de Hécate. - Disse ele com um tom brincalhão fazendo a garota balançar a cabeça: - Ok. Sem espadas e adagas tudo bem? Eu sou um desastre com elas. - O garoto sorriu segurando-a pelo braço gentilmente e a puxando até um outro lado da arena.

Derek havia levado a garota até os alvos de arquearia que estavam vazios naquele momento, o que era algo bem estranho. Lawrence olhou para os lados observando os arcos e depois fitou o garoto com um semblante curioso: - Não adianta falar que não sabe fazer isso. - Disse ele cruzando os braços diante da garota: - Eu vi você atirando no último treino e sem treino algum praticamente se saiu muito bem.- Ela arqueou a sobrancelha direita o encarando com um meio sorriso nos lábios. A filha de Hécate conhecia o rapaz e sabia que ele não mudaria de ideia, tinha que admitir que também preferia o arco e flecha as demais armas. Sem reclamar pegou um arco e uma aljava de flechas enquanto Derek a esperava, de fato ela tinha alguma afinidade com o arco, seu pai já havia a levado para atirar algumas vezes, mas não se considerava a mais hábil das arqueiras.

Começaram com uma distância menor para que ela se acostumasse, algo próximo dos quinze metros, usava um arco recurvo simples perfeito para iniciantes, já tinha atirado com um parecido antes. O manuseio do arco e flecha parecia fácil para quem observava, no entanto, a realidade era bem diferente. Lawrence colocou a fecha e puxou a corda ainda sem fazer grande esforço, seus olhos estavam atentos ao alvo, sua respiração era suave e ritmada. Aos poucos a morena começou a puxar a corda na direção de seu corpo, colocou a mão que puxava a corda no ponto de apoio logo abaixo do queixo e respirou fundo mais uma vez, soltando então a flecha. A sensação de alívio assim que havia soltado a mesma era enorme, mas seu cenho franziu ao notar que havia sido um disparo certeiro, fazendo ela mordisca o lábio inferior: - Viu precisa praticar! - Disse o filho de Ares: - E você precisa corrigir os pés, o esquerdo estava errado. – Finalizou suas observações.

Com paciência Derek explicava como a morena deveria fazer, a posição correta dos pés, a força que deveria exercer na corda e como puxa-la. Atentamente a garota escutava as lições e assim que ele terminou ela novamente empunhou o arco e se preparava para atirar: - Ainda não é assim. Deixa eu te ajudar. – O filho da guerra então se aproximou dela, com uma mão ajudou ela sustentar o arco, suas mãos deslizaram pela perna dela ajeitando a posição e depois a mão livre segurou a dela que estava na corda. Lawrence sentiu suas bochechas ficarem violentamente coradas, não tinha o hábito de ficar tão perto de rapazes e muito menos com tanto contato. Por uma fração de segundos ela fechou seus olhos, deixou que o garoto movimentasse seu corpo mostrando como e o que deveria ser feito. Obviamente com a ajuda do rapaz a flecha atingiu o alvo de forma mais certeira.

Eles se olharam rapidamente e trocaram pequenos sorrisos: - Vamos! Agora é sua vez sozinha. – Disse ele incentivando a semideusa. Não podia mentir que sentia um pouco de hesitação, não só pelo que fazia, mas por toda a sua vida, em tudo que ela havia se transformado. Foi então que Lawrence se deu conta que precisava aprender aquilo para viver, afinal ser um semideus não era nenhum conto de fadas. Respirou fundo e novamente buscava concentração, mais do que isso, procurava algo que estava dentro de si e que ainda negava mesmo de forma inconsciente, era uma semideusa e precisava aceitar, não temer.

Com um sorriso singelo em seus lábios ela encarou o garoto que atentamente observava o treino da filha de Hécate. Lawrence fechou os olhos sentindo a direção do vento que vinha do Sul naquele momento, o arco se ergueu diante do corpo da morena, mas dessa vez suas mãos o seguraram com mais firmeza. Analiticamente observou seu algo e quando se sentiu de fato preparada colocou o pé direito um pouco a frente dando assim apoio para o corpo, puxou a corda do arco trazendo a flecha para trás o máximo que pode, a mão direita tocou o queixo e travou a mira. Quando soltou a corda a mesma emitiu um som seco e a flecha foi disparada, atingindo o alvo bem próximo ao centro. – Yes! Consegui! – Gritou a semideusa vendo que a execução havia sido perfeita mesmo sem ter acertado o centro do alvo. O gostinho de satisfação tomou conta da semideusa que deu uma piscadela para Derek: - Eu sabia que você levava jeito. – Disse ele dando alguns tapinhas nas costas da garota.

Aquele momento lhe trouxe boas lembranças de quando seu pai a levou pela primeira vez para atirarem juntos, era como se aqueles momentos lhe dessem ânimo para continuar com o treino e ela tivesse redescoberto o gosto pelo que estava fazendo. Lawrence repetidamente continuava a atirar procurando os pontos onde errava, seu intuito naquele momento era se aperfeiçoar no que estava fazendo, mesmo que tivesse uma longa caminhada pela frente.

Obviamente seu corpo ainda sem o costume de treino não conseguiu muito mais do que uma hora de treino e assim que o ritmo da menina diminuiu a Derek se aproximou dela colocando a mão em seu ombro de forma gentil: - Acho que por hoje está bom. Mas se você não procurar treinar todos os dias vai perder o jeito. Te espero aqui amanhã então tudo bem? – Disse ele jogando uma toalha de rosto para a menina. Lawrence sorriu para ele: - Marcado, prometo deixar meus livros um pouco. – Disse ela passando a toalha pelo rosto. Recuperou as flechas usadas as colocando na aljava para guarda-las juntamente com o arco. Depois de tudo devidamente organizado a prole de Ares e Law caminharam em direção a saída deixando a arena. Alguns burburinhos eram ouvidos enquanto saiam do lugar, mas a morena ignorou, tudo o que queria era banho, comida e cama.


― i say please.
You know I wish I had it all.

_________________




Filha de Hécate
Lawrence S. Taylor
-A♥️
avatar

Idade do Personagem : 20

Ficha Meio Sangue
Nível: 4
Vida:
155/190  (155/190)
Energia:
155/190  (155/190)

Ver perfil do usuário
Filhos de Hécate
Filhos de Hécate

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treinos de Lawrence S. Taylor

Mensagem por Eros em Dom Dez 06, 2015 3:40 am



Avaliação

Seu post foi muito bem escrito e tem um ótimo conteúdo, todavia, acabou errando algumas coisinhas bobas (vírgulas, por exemplo). Por causa da situação citada, não ganho 100 XP, porém, você escreve perfeitamente e tem um ótimo conteúdo.

Recompensas: 95 XP.

Perdas: 35 HP/EP.


_________________



I'm the king, I wanna everything, I am... Eros!
avatar

Localização : Mundo.

Ficha Meio Sangue
Nível: 1
Vida:
100/100  (100/100)
Energia:
100/100  (100/100)

Ver perfil do usuário
Deuses
Deuses

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Treinos de Lawrence S. Taylor

Mensagem por Conteúdo patrocinado

Conteúdo patrocinado



Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum